(Español) Buscando artículos etiquetados con " Transporte"

U-Bahn? S-Bahn? O transporte público em Berlim

Berlim, novembro de 2014
INFO@itineri.de

Deslocar-se em Berlim com transporte público exige somente duas coisas: um passagem adequado… e um mapa. De qualquer maneira, a rede de metrô e ônibus é tão extensa como é a cidade mesma, de modo que deve ter paciência: pode demorar alguns dias até que o visitante casual entenda como deslocar-se na capital (a menos, claro, que contrate os serviços de itineri.de para descobrir a cidade. Informação, aqui: http://itineri.de/pt/itineri-de/berlin-ciudad/).

Para começar, devemos diferenciar entre U-Bahn e S-Bahn. O U-Bahn (Untergrundbahn, metrô) consta de 10 linhas e circula no subsolo. Ainda assim, a maior parte da linha U1 transcorre atraves de um viaduto, da mesma forma que algumas partes do linhas U2 e U3, entre outras. O serviço de metrô é administrado pela empresa BVG, que também lida com os ônibus e os bondes da capital. O símbolo que identifica estas 10 linhas é uma “U” azul. A lista completa de linhas está disponível clicando aqui (informações em inglês).

Por outro lado, o S-Bahn (Stadtbahn, trem urbano) tem 15 linhas que percorrem a cidade principalmente na superfície, exceto algumas seções. O seu símbolo é uma “S” verde; clicando aqui você pode usar um comboio virtual de S-Bahn. Tem que fechar a porta, pressionando o botão correspondente para chegar a uma estação. De outra forma, o comboio vai permanecer parado 😉

Assim, entre U-Bahn e S-Bahn, 25 linhas que cobrem praticamente toda a cidade. Clicando aqui terá acesso ao mapa completo on-line em formato PDF. Além disso, naturalmente, ônibus (150 linhas. Se você clica aqui, pode ver os recorridos) e também bondes, 22 linhas que circulam principalmente pela antiga Berlim Oriental.

Por certo, as estações de metrô de Berlim, como na maioria das linhas de U-Bahn e S-Bahn em Alemanha, são de livre acesso. Naturalmente, você tem que validar seu bilhete nas máquinas, mas é tecnicamente possível acessar as plataformas sem passar por qualquer barreira. Entrar de penetra é uma má idéia, porque é um ato incivico…

Você pode acompanhar-nos em www.facebook.com/itineri.de e também no Twitter (@itineri_de), e compartilhar o artigo com links correspondentes!

O “leste selvagem” de Berlim

Berlim, 20 de maio de 2013
INFO@itineri.de

Como em todas nas grandes cidades do globo, também Berlim têm seus lugares indispensávels: Alexanderplatz, o Portão de Brandemburgo, a East Side Gallery… Não é muito habitual andar a descobrir áreas fora do centro da cidade, mais hoje querem recomendar um “povo” desconhecido para os visitantes ocasionais: o distrito de Marzahn. As guias de turismo costumam desaconselhar uma visita a esta zona, como se fosse uma espécie de “leste selvagem” que, de fato, não é especialmente perigoso. De qualquer maneira, com os tours de itineri.de você pode descobrir também esta zona, em português!

A antiga estrada de Alt-Marzahn foi perfeitamente restaurada nos anos 80 e mantêm a aparência medieval, com o “Museu do distrito” (então escola do povo) e outros bonitos edifícios. Contacte-nos para informação e desfrute as fotos do nosso álbum: http://www.flickr.com/photos/11873897@N08/sets/72157633480712870/

(c) itineri.de -todas as imagems na web e no álbum fotográfico em flickr

Você pode acompanhar-nos em www.facebook.com/itineri.de e também no Twitter (@itineri_de), e compartilhar o artigo com links correspondentes!

O “abc” de aeroportos em Alemanha

Berlim, 26 de fevereiro de 2013
INFO@itineri.de

As low cost já não são o que eram, mas voar é ainda a melhor maneira para chegar a Alemanha de Portugal… e quase a única do Brasil. Aqui tem uma explicação das principais entradas aéreas em Alemanha!

A capital, Berlim, viveu durante anos (e vive ainda) uma história bizarra com os seus aeroportos. Depois do fechamento de Tempelhof no ano 2008, seguiram operativos Tegel e Schönefeld. Foi decidido que Tegel também fecharia, quando foram inauguradas as novas instalações de Schönefeld. Até hoje, a inauguração foi adiada quatro vezes*. Com a companhia TAP é possivel voar de Lisboa a Berlim sem escala (informação), mas não têm voos diretos de São Paulo ou Rio para Berlim.

O aeroporto de Tegel está em Berlim (área AB dos cartões de transporte público), mas Schönefeld encontras-se fora dos limites da cidade, em Brandenburgo (zona C). De Tegel são necessários 20 minutos de ônibus para Zoologischer Garten (linhas X9 e 109), e 30 minutos para Alexanderplatz (linha TXL). De Schönefeld chega-se também na praça Alexanderplatz em somente 20 minutos a bordo de um trem regional (RE7 ou RB14), ou mais de meia hora com a S-Bahn.

Ambos os aeroportos receberam 25 milhões de passageiros em 2012 (o aeroporto de São Paulo-Guarulhos recebeu 32 milhões, Lisboa 15 milhões).

A cidade de Hamburgo encontra-se a apenas uma hora e meia de distância em trem de Berlim, mas mais perto é o seu próprio aeroporto, conectado à Hauptbahnhof (estação central) da cidade pela rede de S-Bahn, com a linha S1. A viagem leva cerca de 25 minutos. O ônibus também é uma opção a considerar (linhas 26, 39, 274 e 292). Outros aeroportos possivelmente interessantes para chegar a Hamburgo são Lübeck, com ligação ao centro de Hamburgo mediante ônibus (linha A20) e Bremen, também com uma conexão para Hamburgo através da bus2fly (o trajeto leva 90 minutos).

Quanto a Munique, o seu aeroporto está conectado à Hauptbahnhof (estação central) da cidade, com as linhas S1 e S8 do S-Bahn. Em ambas as linhas, o trajeto dura entre 40 e 45 minutos, e de lá é muito fácil o acesso ao resto da cidade, com outras linhas de S-Bahn ou com linhas U1, U2, U4 e U5 de metrô. A capital da Baviera também pode-se chegar do aeroporto de Memmingen: ainda que encontra-se a 110 km de Munique, Ryanair oferece conexão de autocarro entre o aeroporto e o centro da cidade.

Finalmente, o aeroporto de Colônia (oficialmente “Köln/Bonn”) conecta com o centro da cidade com a linha S13 da S-Bahn. A viagem dura apenas 15 minutos. Para chegar ao aeroporto a partir da Hauptbahnhof (estação principal), situado perto à famosa Catedral, tomar o trem da linha S13 direção Troisdorf.

Decidido, então: a Alemanha! Mas antes de aterrissar, o mais inteligente é contratar os serviços de itineri.de. Não hesite em pedir informações (INFO@itineri.de) e vai saber por que você deve explorar Berlim, Potsdam e o campo de concentração de Sachsenhausen com nos: entre outras razões, porque os nossos passeios são os meilhores e também porque você não quer que o alemão seja um problema durante as suas férias!

*No futuro novo aeroporto em Berlim têm dedicado, até agora, dois artigos (em espanhol): Berlin Brandenburg International e BER, un aeropuerto que no despega.

Você pode acompanhar-nos em www.facebook.com/itineri.de e também no Twitter (@itineri_de), e compartilhar o artigo com links correspondentes!

(Español) La pequeña U55

Desculpe-nos, mas este texto esta apenas disponível em Español, English y Català.

(Español) BER, un aeropuerto que no despega

Desculpe-nos, mas este texto esta apenas disponível em Español, English y Català.

Páginas:12»
Logotipo de Pago estándar
Call me! - Ferran Porta: Unknown
www.flickr.com
Elementos de itineri.de Ir a la galería de itineri.de